Web Analytics
Rua Irmã Gabriela, 51 - Cidade Monções – São Paulo /SP CEP: 04571-130

Programa Rota 2030 para Indústria automotiva Brasileira

– CASE: Conectado, Autônomo, Shared (compartilhado) e Elétrico: definição do futuro do setor automotivo, que pode ser mais facilmente alcançado graças aos subsídios oferecidos pelo governo

Minapim por André Janousek e Francisco Tripodi: O Programa Rota 2030 – Mobilidade e Logística, é parte da estratégia elaborada pelo Governo Brasileiro para desenvolvimento do setor automotivo no país. O Programa tem como objetivo ampliar a inserção global da indústria automotiva brasileira, por meio da exportação de veículos e autopeças.

Desde que foi publicado, em 2018, o Rota 2030 gerou muitas discussões acerca dos mecanismos de operação dos recursos provenientes do capítulo três do programa. EntrAndré Janousek
e eles, a principal regra estabelecida é que todo os recursos depositados pelas empresas seja destinado às atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação executadas por Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs), instituições de ensino e empresas públicas que mantenham fundos de investimento destinados a empresas de base tecnológica e organizações sociais ou serviços sociais autônomos.

Há alguns anos, um ICT focado em desenvolvimento de tecnologias de hardware e software, tais como: microeletrônica, inteligência artificial, computação visual ou big d

rota 2030

ata, provavelmente não teria suas soluções facilmente absorvidas pelo segmento da mobilidade. No entanto, o mercado automobilístico evoluiu, e o momento atual proporciona a criação destes incentivos direcionados à pesquisa e à tecnologia. Uma evidência disto é que agora quase tudo que se fala no setor está relacionado ao acrônimo CASE que, para muitos, define o futuro do setor automotivo: Conectado / Autônomo/ Shared / Elétrico.

Leia mais: Minapim Magazine