Planejamento do Abastecimento – PLANAB

Resumo

A logística do Abastecimento tem o papel de gerenciar a cadeia de suprimento de petróleo e derivados da Petrobrás, integrando os processos de produção e movimentações para a maximização do resultado econômico para o Sistema. Este processo é trabalhado em ciclos mensais de Planejamento e Programação (S&OP), para o qual a Gerência de Planejamento Operacional da Logística (AB-LO/PL/PO) utiliza como principal ferramenta um Modelo de Programação Linear denominado PlanAb. O PlanAb é atualmente um sistema com arquitetura do tipo cliente-servidor, com interface de entrada e saída de dados em MS Access e processos de consistência de dados, geração de matriz, otimização e geração de relatórios executados em servidores de 3.40 GHz, otimizados com metodologia mista barreira – simplex. Nos cenários recentes, são cerca de 50.000 variáveis e 13.800 restrições por período (mês), sendo que no ciclo de planejamento de curto prazo são utilizados cenários de 12 meses. O modelo conta, ainda, com ferramentas auxiliares para entrada de dados, comparação de cenários, identificação de potenciais inviabilidades sem comprometimento do tempo de otimização, bancos de dados para armazenagem / divulgação das informações de entrada e saída para outras áreas e até recurso de utilização de variáveis inteiras para tratar aspectos tributários de relevância para o negócio. Outras atividades desenvolvidas no AB-LO/PL/PO, que também utilizam o PlanAB como principal ferramenta de apoio a decisão são:  estudos de antecipação de necessidades ou restrições futuras, são feitas análises envolvendo qualidade futura de derivados, novas correntes de petróleo, mudanças já previstas de hardware e tratados temas como o Planejamento de Manutenções do Refino e Transpetro, onde se busca uma adequada distribuição dos eventos de manutenção ao longo do tempo, e a Identificação e Remoção de Gargalos Logísticos, onde são tratados investimentos.

 

Para acessar, faça o login

Compartilhe este post